Engajado com a preservação do meio ambiente, o Grupo Villas Boas criou há 20 anos a Reserva Ecológica Pontal do Jaburu. A instituição adquiriu uma área de 2.904 hectares de mata virgem permeada por inúmeros igarapés localizada na confluência dos Rios Araguaia e Crixás. Esta área foi transformada em Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) e é mantida exclusivamente com recursos do grupo. Onças pintadas, pirarucus, tucanos, jaburus e centenas de outras espécies de animais e plantas são mantidos totalmente preservados da ação predatória do homem. Por situar-se no pontão de terra entre dois rios importantes, a Reserva e composta por uma vegetação típica de ambientes inundáveis e de várzea, com dezenas de lagos que se constituem num verdadeiro berçário de manutenção da biodiversidade regional. Uma doação perpetua para a humanidade.

Ao longo da Reserva, encontram-se atributos naturais de grande relevância ecológica, como a rica e diversificada fauna aquática (espécies ameaçadas de extinção como o pirarucu), fauna terrestre (espécies protegidas como a onça pintada), alem de centenas de espécies de aves (guaxo, mutum cigano, jaburu), representando algumas espécies típicas do bioma cerrado.

Principais animais

Mucura, tamanduá bandeira, mambira, preguiça, tatu, tatu canastra, capivara, sagüi, macaco da noite, macaco prego, cachorro do mato, mao pelada, quati, paca, cutia, irara, lontra, ariranha, jaguatirica, maracajá, jaguarundi, onça vermelha, onça pintada, anta, catitu, queixada, veado vermelho, veado roxo, quatipuru e ouriço caixeiro.